13°C 27°C
Belo Horizonte, MG
Publicidade

Em discurso na COP27, Lula reafirma compromisso no combate à fome e mudanças climáticas

Presidente eleito afirmou compromisso com preservação da Amazônia, cobrou países ricos e pediu modernização da ONU

17/11/2022 às 11h14 Atualizada em 17/11/2022 às 11h25
Por: Renato Ilha Fonte: ONU News
Compartilhe:
Lula classificou o Governo Bolsonaro como
Lula classificou o Governo Bolsonaro como "desastroso"

Em discurso oficial na COP27, o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) defendeu uma nova governança global, pautada pelo multilateralismo e focada no combate à desigualdade social, à fome e às mudanças climáticas. A fala do petista, em 16/11, confirmou as expectativas dos líderes mundiais presentes na Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP27), realizada em Sharm El Sheikh, no Egito

Luiz Inácio Lula da Silva antecipou o que espera ser a contribuição do Brasil ao mundo a partir de 2023, ao declarar que "Esperança combinada com ações imediatas e decisivas pelo futuro do planeta e da humanidade". No discurso, o petista classificou o Governo Jair Bolsonaro (PL) como "desastroso" no combate à desigualdade social e quanto ao desmatamento, dizendo que "Voltam a vigorar os valores civilizatórios e o compromisso de respeitar os direitos humanos e de enfrentar as mudanças climáticas".  

O discurso devolve ao Brasil o papel de um dos mais importantes articuladores internacionais no combate às inseguranças alimentar e climática. A postura marca uma guinada em relação ao isolamento geopolítico e negacionismo ambiental que marca o mandato de Jair Bolsonaro (PL). 

RESPONSABILIDADE DOS PAÍSES RICOS

Lula prometeu cobrar que os acordos climáticos já estabelecidos saiam do papel e ressaltou que os países ricos detêm a maior responsabilidade pelo agravamento do aquecimento global. O petista declarou que o Brasil está aberto à cooperação internacional, mas "sem renunciar jamais à nossa soberania". 

Outra vez, ele negou haver contradição entre desenvolvimento econômico e preservação ambiental. "É possível promover o desenvolvimento e a inclusão social tendo a natureza como aliada estratégica, e não mais como inimiga a ser abatida a golpe de tratores e motosserras". 

"O chefe de Estado anunciou que vai combater o desmatamento em todos os ecossistemas brasileiros, reconstruir os órgãos ambientais e de controle que foram enfraquecidos durante o governo Bolsonaro e punir os crimes ambientais", publicou revista de notícias semanal alemã Der Spiegel, "O Espelho" em alemão. Publicada em Hamburgo, é uma das maiores publicações do tipo na Europa, com uma circulação semanal de 840 mil exemplares..

INTEGRAÇÃO COM PAÍSES AMAZÔNICOS

Lula manifestou a pretensão de estimular a integração dos países sul-americanos abrangidos pela Amazônia, para discutir de forma soberana a promoção do desenvolvimento integrado da região, "com inclusão social e muita responsabilidade climática". 

Outro compromisso foi oferecer o Brasil para sediar a COP30 em 2025, que, se depender de Lula, será realizada em um estado amazônico. "É para que as pessoas que defendem tanto a Amazônia tenham a noção da importância dessa parte do mundo", justificou. 

"Em 2024 Brasil vai presidir o G20. Estejam certos de que a agenda climática será uma das prioridades", afirmou. "Até porque eu preciso discutir com os países ricos algumas decisões tomadas em outras COPs. Essas decisões não saíram do papel e não foram executadas". 

MODERNIZAÇÃO DA ONU

A Organização das Nações Unidas, que organiza o evento, também foi alvo de críticas de Lula. De improviso, o petista lamentou que "só os vencedores da segunda guerra mundial" participem do conselho de segurança das Nações Unidas. "A ONU precisa avançar", afirmou. 

"Não é possível que a ONU seja dirigida pela mesma lógica geopolítica da segunda guerra. O mundo mudou, os países querem participar mais. Os continentes querem estar representados. O mundo tá precisando de uma governança global, sobretudo na questão climática".

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Belo Horizonte, MG
22°
Tempo limpo

Mín. 13° Máx. 27°

22° Sensação
3.13km/h Vento
53% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h28 Nascer do sol
05h24 Pôr do sol
Dom 27° 14°
Seg 27° 14°
Ter 27° 15°
Qua 28° 16°
Qui 29° 15°
Atualizado às 11h01
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,38 +0,00%
Euro
R$ 5,77 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,63%
Bitcoin
R$ 377,449,96 +0,49%
Ibovespa
119,662,38 pts 0.08%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias