Terça, 18 de Janeiro de 2022
3123420968
Cultura A INTERNET

Machado e os dez golpes. O jornalista do Império

Jamais imaginei que um dia existiria esse fenômeno: a internet. Memes, twiter, Facebook, WhatsApp.

20/10/2021 14h24 Atualizada há 3 meses
Por: Renato Ilha
Maeve Phaira é escritora e Assessora de Imprensa
Maeve Phaira é escritora e Assessora de Imprensa

Temer cumpriu o mandato presidencial de dois anos e 123 dias. Perdeu o foro privilegiado ao deixar a presidência e, com isso, foi surpreendido, em 2019, com um mandato de prisão preventiva, acusado de liderar um grupode criminosos há mais de quarenta anos. Poucas horas após a sua prisão, uma enxurrada de memes invadiu a internet. 

Jamais imaginei que um dia existiria esse fenômeno: a internet. Memes, twiter, Facebook, WhatsApp. Era um mundo que corria paralelo ao nosso, onde se tinha muitos amigos desconhecidos. E tinha gente que vivia mais nele do que entre os amigos de verdade. Fiquei sabendo também que as pessoas já não se abraçavam, e apenas curtiam, o tempo todo, a vida dos outros por ali, inclusive a morte de alguem.

Antigamente, o mundo era pequeno. E era pequeno porque a gente conhecia muito pouco sobre ele. A internet nos aproximou. Não sei se gosto dessas mudanças na minha vida. Acho que prefiro a roda de amigos no boteco da esquina da vida. 

Eu, bem, não entendia mais nada. E sentia muita falta da Rua do Ouvidor. Principalmente do cheiro de Leipzig. E também dos olhares cruzados, hoje, abanos e cutucadas nas redes sociais. Uma mãozinha sem graça que se enviava para os amigos. 

Ouvi dizer que, logo, logo, teremos luas artificiaisque iluminarão grandes cidades. Fiquei triste com a notícia. Afinal, a ideia de várias luas no céunão em agrada. Parece uma banalização do satélite. Igual ao fenômeno do dano moral, no Brasil. Não vale mais nada.

Certamente, a brincadeira dos jovens namorados no futuro será encontrar a lua verdadeira entre os satélites artificiais que o homem enviará ao espaço.

ENFIM, ESSE MUNDO ESTAVA FICANDO COMPLICADO PARA MIM

Mas Temer estava lá E os tweets faziam referência à brincadeira de comparar o presidente com um vampiro.

E o ridículo passou a fazer parte do dia a dia da nação. Já não se sabia onde começava a tola brincadeira, tampouco se era para riri ou chorar.

Nos comentários das postagens, as pessoas respondiam através da repetição das letras rsrsrsrsrs ou simplesmente kkkkkkk, o que certamente correspondia a risos.

Numa espécie de comunismo gramatical, onde a regra era justamente não ter regra. 

Por que, porque, porquê, por quê. Escreva pq. É mais fácil, mais rápido, e não precisa pensar.

Maeve Phaira é escritora. O livro Machado e os Dez Golpes é uma publicação da Amazon (https//:www.amazon.com.br)

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Belo Horizonte - MG
Atualizado às 11h10 - Fonte: Climatempo
27°
Muitas nuvens

Mín. 18° Máx. 31°

28° Sensação
11 km/h Vento
54% Umidade do ar
90% (10mm) Chance de chuva
Amanhã (19/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quinta (20/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias