Sexta, 15 de Outubro de 2021
3123420968
Anúncio
Dia a Dia do Trabalho Privatização

Leilão do Aeroporto da Pampulha torna a volta de voos comerciais ainda mais difícil

A privatização do Aeroporto da Pampulha oferece mínimas chances de que os voos comerciais voltem a ser operados

13/10/2021 14h52 Atualizada há 2 dias
Por: Redação
Leilão do Aeroporto da Pampulha torna a volta de voos comerciais ainda mais difícil

Há vários anos, o Aeroporto da Pampulha tem restrições sobre pousos e decolagens de voos comerciais, o que desagrada boa parte da população de Belo Horizonte e região, como reporta o presidente do Movimento Pampulha Já, Flavio Lucio. Para piorar a situação, no último dia 5 de outubro, o aeroporto foi leiloado e arrematado por R$34 milhões pelo Grupo CCR, a mesma concessionária que administra o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins. De acordo com Flavio Lucio, o certame foi realizado de modo escuso, uma vez que a própria criadora do estudo de viabilidade do Aeroporto da Pampulha foi quem o arrematou.

De acordo com o Movimento Pampulha Já, é inadmissível que um aeroporto, até então público, atendesse apenas a uma classe abastarda da sociedade, na maioria das vezes magnatas e políticos em seus jatos e serviços particulares. No entanto, a privatização do Aeroporto da Pampulha oferece mínimas chances de que os voos comerciais voltem a ser operados. “Provavelmente, a concessionária irá manter a exclusividade dos voos comerciais de Confins. Assim, quem ganham são as companhias de aviação executiva, que irão aproveitar a conveniência, a demanda reprimida e a maior exclusividade do Aeroporto da Pampulha”, pontuou Flavio Lucio.

O presidente do Movimento Pampulha JÁ ainda destaca que o valor arrematado está muito aquém daquele que deveria ter sido, uma vez que, em virtude do tamanho, localização e estrutura, o valor mínimo de um arremate seria por volta de R$ 500 milhões. Além disso, há ainda uma outra questão que envolve o desenvolvimento imobiliário da região e que está presente no estudo de viabilidade realizado. “Querem usar outras atividades não associadas à aviação, mas associadas à rentabilidade do espaço, contudo não sabemos como isso será feito, não ficou claro”, elucidou.

Importante destacar que, embora a proibição de voos comerciais no Aeroporto da Pampulha se dê por motivos de segurança, recentemente, o professor e especialista em segurança de voos, Deusdedit Reis, ressaltou em uma entrevista na Rádio Itatiaia que o aeroporto da Pampulha oferece sim segurança às operações de voos comerciais. Segundo o professor, a pista é maior do que aquelas de muitos aeroportos internacionais brasileiros, como os de Congonhas e Santos Dumont; o Aeroporto da Pampulha é seguro e apresenta os equipamentos necessários para o funcionamento de instrumentos de pouso desde 2009; e o fato de estar em uma região com grande densidade no entorno não é algo que inviabilizaria sua operação, uma vez que cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Fortaleza e Porto Alegue possuem aeroportos centrais em regiões de maior densidade populacional em comparação com a região da Pampulha.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Belo Horizonte - MG
Atualizado às 23h40 - Fonte: Climatempo
23°
Alguma nebulosidade

Mín. 17° Máx. 30°

23° Sensação
11 km/h Vento
74% Umidade do ar
90% (15mm) Chance de chuva
Amanhã (16/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 27°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Domingo (17/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 25°

Sol com muitas nuvens e chuva
Ele1 - Criar site de notícias