Terça, 28 de Setembro de 2021
3123420968
Política RECUO TÁTICO

Atos do 7 de Setembro isolam Bolsonaro, que chama Temer e recua

No entanto, a mudança repentina foi um balde de água fria no ânimo da base bolsonarista, que julgava ter chegado o momento de implementar ações propostas pelo líder

10/09/2021 09h10 Atualizada há 3 semanas
Por: Renato Ilha Fonte: Agência Senado
Jair Bolsonaro recorreu ao ex-presidente Michel Temer
Jair Bolsonaro recorreu ao ex-presidente Michel Temer

O tom provocador da fala de Bolsonaro em São Paulo e Brasília, no dia 7 de setembro, deu lugar a uma nota pregando diálogo. Dias após ameaçar descumprir ordens do Supremo Tribunal Federal (STF) e incitar seus apoiadores contra os ministros da Corte, Bolsonaro baixou o tom do discurso. No entanto, a mudança repentina foi um balde de água fria no ânimo da base bolsonarista, que julgava ter chegado o momento de implementar ações propostas pelo líder, como a apregoada intervenção militar. Ao contrário do que imaginava, os atos do 7 de Setembro deixaram Bolsonaro ainda mais isolado e obrigado a negociar.

Para apagar o fogo ateado por ele, o presidente da República pediu socorro ao ex-presidente Michel Temer (MDB), que é advogado, professor universitário e doutor em direito público. Foi preciso recorrer a quem sabe utilizar as palavras para expressar intensões e, assim, conseguir reparar a negativa repercussão do discurso agressivo pronunciado nas manifestações do Dia da Independência do Brasil.

Símbolo dos ataques ao STF, Alexandre de Moraes foi ministro da Justiça de Temer e indicado por ele para a cadeira na Suprema Corte. O ex-presidente mediou a conversa por telefone entre Bolsonaro e Moraes, dois dias depois de o presidente declarar que não respeitaria mais as ordens vindas de Alexandre de Moraes. Era preciso interromper a escala da tensão na crise institucional provocada pelo comportamento agressivo de Jair Bolsonaro.

A NOTA - Esboçada por Temer, a nota defende o diálogo com o Judiciário e o respeito à Constituição, numa clara tentativa de amenizar a repercussão política e esfriar a pressão que sofreu mesmo entre aliados diante de sua escalada autoritária. Porém, o recuo desarmou a base de seguidores do “Mito”, como Bolsonaro é chamado por eles.

No documento, Bolsonaro tenta amenizar o teor das críticas e ameaças ao ministro do Alexandre Moraes, do STF, alegando que o comportamento radical e o discurso extremado nos atos do Dia da Independência do país - quando chamou o magistrado de canalha - “decorreram do calor do momento e dos embates”. Dizendo ter respeito pelas instituições da República, o presidente disse não ter “nenhuma intenção de agredir quaisquer dos Poderes”.

DA EUFORIA À DEPRESSÃO

A euforia marcante na postura dos grupos bolsonaristas foi transformada em decepção expressa nas redes sociais. Grupos bolsonaristas no WhatsApp e Telegram, assim como nas redes sociais da direita, desaprovaram o recuo de Bolsonaro e passaram a questionar a capacidade do presidente de liderar o radicalismo estimulado por ele. Os principais influenciadores propuseram uma reflexão sobre a melhor opção da direita para 2022. Agora, os mais fiéis a Bolsonaro manifestam desapontamento com a postura defensiva do presidente.

Mesmo a ordem de Bolsonaro para que os caminhoneiros desocupassem as estradas bloqueadas desde o dia anterior deveria ser descumprida. Em muitas rodovias brasileiras ainda havia bloqueios parciais e lideranças da categoria que integram a base bolsonarista disseram que não recuariam dos protestos ao menos até o próximo domingo (12/09).

Renato Ilha, jornalista (Fenaj 10.300)

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Belo Horizonte - MG
Atualizado às 09h31 - Fonte: Climatempo
21°
Alguma nebulosidade

Mín. 18° Máx. 32°

21° Sensação
19 km/h Vento
69% Umidade do ar
90% (2mm) Chance de chuva
Amanhã (29/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quinta (30/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 29°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias