Quarta, 23 de Junho de 2021
3123420968
Esportes FUTEBOL

Quem tem medo do Dragão?

O aproveitamento do clube é de 80%, com 41 gols marcados e oito gols sofridos.

10/06/2021 14h39 Atualizada há 2 semanas
Por: Renato Ilha Fonte: Atlético Clube Gioaniense
Patrimônio do Dragão orgulha torcedores.
Patrimônio do Dragão orgulha torcedores.

Na noite de 09/06, o Atlético Goianiense despachou o Corinthians da Copa do Brasil 2021, embolsou R$ 1,7 milhão e reafirmou a ótima fase, com 80% de aproveitamento na temporada. O Dragão, como é conhecido, só não venceu um jogo na Copa do Brasil, despontou com duas vitórias na Série A e foi eliminado invicto da Copa Sul-Americana. Na mesma noite que definiu a passagem de fase do Dragão na Copa do Brasil, outros grandes ficaram no meio do caminho: o Palmeiras (SP) perdeu para o CRB (AL) pelo placar mínimo e depois na cobrança de pênaltis (4X3), o mesmo acontecendo com o Cruzeiro, que foi derrotado pelo Juazeirense (BA) por 1x0 durante a partida e foi eliminado nos pênaltis (3x2).

A temporada do Atlético Clube Goianiense vem exibindo um desempenho surpreendente: em 26 jogos, o time soma 18 vitórias, sete empates e somente uma derrota. O aproveitamento do clube é de 80%, com 41 gols marcados e oito gols sofridos. Aliás, a defesa tem sido o destaque do Atlético-GO, por não sofrer gols em 17 dos 26 jogos que disputou.

Na posição de guarda-metas, o goleiro Fernando Miguel sustenta uma invencibilidade nas 16 partidas disputadas com a camisa atleticana, das quais 1º foram vencidas e houve seis empates.

A única derrota na temporada ocorreu na partida de ida da semifinal do Campeonato Goiano, contra o Grêmio Anápolis. Jogando com time reserva, em razão da disputa da Copa Sul-Americana, o Dragão perdeu por 1 a 0. Na partida de volta, o time rubro-negro venceu por 2 a 1, em Goiânia, mas perdeu nos pênaltis.

PERFORMANCE INCOMUM

Na primeira edição com fase de grupos na Copa Sul-Americana, o Atlético-GO foi eliminado em segundo lugar em uma chave que tinha os tradicionais Libertad e Newell´s Old Boys, além do Palestino, do Chile. O Dragão somou duas vitórias e quatro empates e foi eliminado por conta do retrospecto em casa: três empates por 0 a 0 no estádio Antônio Accioly.

Recém-contratado, o técnico Eduardo Barroca somou três vitórias em três jogos: venceu o Corinthians na Série A (1 a 0) e na Copa do Brasil (2 a 0) e também derrotou o São Paulo pela Série A (2 a 0).

Barroca não credita o bom desempenho defensivo somente aos zagueiros, que protegidos quando o adversário chega perto do gol. “Estamos conseguindo levar o bom ambiente dos treinos para dentro de campo”, comenta o treinador.

NO CAMINHO DO CENTENÁRIO

Um dos carros chefes da atual gestão do Atlético Clube Goianiense é o investimento em infraestrutura. O clube conta com o Centro de Treinamento do Dragão e o Estádio Antônio Accioly, patrimônios do Rubro-Negro, que orgulham a torcida atleticana.

No dia 02 de abril de 1937, jovens idealistas se reuniram no salão do Hotel Pouso Alto, localizado na Avenida 24 de outubro, no Bairro de Campinas, em frente à Praça Joaquim Lúcio, com o propósito de fundar aquele que hoje é o clube mais antigo de Goiânia. As cores do Atlético Clube Goianiense se explicam numa homenagem ao Clube de Regatas do Flamengo e ao São Paulo Futebol Clube, que eram agremiações simpáticas à uma parcela dos fundadores do Atlético.

RAIZES POPULARES

O Atlético é um clube de origem popular, sua fundação está ligada diretamente a uma iniciativa comunitária, fruto da ação de moradores e pequenos comerciantes do tradicional Bairro de Campinas e da Vila Operária. O bairro anteriormente era uma cidade e passa à condição de bairro para se tornar a principal base de apoio para a fundação da capital, Goiânia, que ocorreu em 1933.

No início de sua trajetória o Atlético teve como grande rival o Goiânia. Sendo os times mais antigos da capital tiveram uma rivalidade e hegemonia que se deu entre o final dos anos 30 até fim dos anos 50. Só nas décadas de 60, o Vila Nova, e na de 70, o Goiás, entram no cenário das disputas e conquistas.

O Atlético também foi o primeiro time a ter um campo de futebol próprio, o Estádio Antônio Accioly, ao qual celebra jogos desde os anos 30. 

Renato Ilha, jornalista (Fenaj 10.300)

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Belo Horizonte - MG
Atualizado às 09h03 - Fonte: Climatempo
18°
Alguma nebulosidade

Mín. 13° Máx. 26°

18° Sensação
17 km/h Vento
68% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (24/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 12° Máx. 25°

Sol com algumas nuvens
Sexta (25/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 28°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias