13°C 27°C
Belo Horizonte, MG
Publicidade

Brasil abre 190 mil empregos formais em outubro, mais 18,8% frente ao mesmo mês de 2022

É a primeira vez, desde março, que o resultado deste ano supera o saldo registrado no mesmo mês de 2022

29/11/2023 às 10h41 Atualizada em 29/11/2023 às 11h15
Por: Renato Ilha Fonte: CAGED/MTE
Compartilhe:
O número representa recuo de 23,7% na comparação com o mesmo período de 2022
O número representa recuo de 23,7% na comparação com o mesmo período de 2022

A economia brasileira gerou 190,4 mil empregos com carteira assinada em outubro deste ano, em dados informados pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), através do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) e representa o saldo líquido (contratações menos demissões) da geração de empregos formais. É a primeira vez, desde março, que o resultado deste ano supera o saldo registrado no mesmo mês de 2022. Conforme o governo federal, foram registradas em outubro 1,94 milhão de contratações e 1,75 milhão de demissões.

O resultado representa alta de 18,8% na comparação com outubro do ano passado, quando foram criados 160,3 mil empregos formais. Em outubro de 2020, em meio à pandemia da Covid, foram criados 365 mil postos de trabalho e, no mesmo mês de 2021, foram abertas 252,6 mil vagas formais.

A comparação dos números com anos anteriores a 2020, segundo analistas, não é mais adequada porque o governo anterior mudou a metodologia.

RESULTADO DE 10 MESES

De acordo com o Ministério do Trabalho, 1,78 milhão de vagas formais de emprego foram criadas no país nos dez primeiros meses deste ano. O número representa recuo de 23,7% na comparação com o mesmo período de 2022, quando foram criadas 2,34 milhões de vagas com carteira assinada.

O número representa recuo de 23,7% na comparação com o mesmo período de 2022, quando foram criadas 2,34 milhões de vagas com carteira assinada. Ao final de outubro de 2023, ainda conforme os dados oficiais, o Brasil tinha saldo de 44,23 milhões de empregos com carteira assinada. O resultado representa aumento na comparação com setembro deste ano (44,04 milhões) e com outubro de 2022 (42,77 milhões).

SALÁRIO MÉDIO DE ADMISSÃO

O governo também informou que o salário médio de admissão foi de R$ 2.029,33 em outubro deste ano, o que representa uma queda real (descontada a inflação) em relação a setembro de 2023 (R$ 2.034,51).

Na comparação com outubro de 2022, houve aumento no salário médio de admissão. Naquele mês, o valor foi de R$ 2.012,99.

CAGED - O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado como registro permanente de admissões e dispensa de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). É utilizado pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais.

Este Cadastro serve, ainda, como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Belo Horizonte, MG
17°
Tempo limpo

Mín. 13° Máx. 27°

17° Sensação
3.09km/h Vento
69% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h28 Nascer do sol
05h35 Pôr do sol
Qua 26° 13°
Qui 27° 12°
Sex 28° 14°
Sáb 28° 15°
Dom 29° 15°
Atualizado às 00h02
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,57 -0,05%
Euro
R$ 6,07 -0,03%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,32%
Bitcoin
R$ 395,907,16 -1,04%
Ibovespa
127,859,63 pts 0.19%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias