13°C 27°C
Belo Horizonte, MG
Publicidade

Negociação com o SNEA não avança e preocupa lideranças aeroviárias

A deflação ocorre quando os preços de produtos e serviços caem de forma generalizada, constante e duradoura

08/11/2022 às 11h54
Por: Renato Ilha Fonte: Sindiaero-Alagoas
Compartilhe:
Vista aérea do Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, em Maceió/AL
Vista aérea do Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, em Maceió/AL

Em meio à carestia que corrói o poder de compra dos brasileiros, o presidente da República passou a chamar de “deflação” uma queda tarifária pontual do tripé gasolina-etanol-energia elétrica, que influenciou o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em -0,68%, em julho, distorcendo o conceito para simular uma recuperação econômica inexistente. Diante desse quadro, começaram as negociações com o Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (SNEA)

Mesmo com inflação alta, o artifício influi negativamente na composição do Índice de Preços ao Consumidor (INPC), o balizador das negociações salariais, e deve influir no acumulado de um ano.

O valor do INPC acumulado em 2022 até setembro é de 4,32% e soma 7,19% nos últimos 12 meses (de outubro 2021 a setembro 2022). O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística divulgou o INPC do mês no dia 11 de outubro de 2022.

A FARSA DA DEFLAÇÃO

A deflação ocorre quando os preços de produtos e serviços caem de forma generalizada, constante e duradoura, com sequência. Um mês ou outro é apenas uma flutuação atípica. Classificada de "mentirosa" pelo representantes dos Aeroviários, índice e tendências falsas são extremanente prejudiciais para a campanha salarial da classe.

Incentivadas pela farsa da deflação, as empresas resistem a transferir para o trabalhador a totalidade da inflação oficial, oferecendo apenas 50% do INPC, percentual considerado inaceitável pela categoria e pelas lideranças sindicais. Para Cristiano Calheiros, presidente do Sindicato dos Aeroviários de Alagoas (Sindiaero-Alagoas), é inadmissível que as empresas não reconheceram o esforço e até mesmo o sacrifício feitos pelos Aeroviários ao longo da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). 

"INTEIRO PELA METADE"

Na visão dos representantes do sindicatos de São Paulo, Minas Gerais, Alagoas, Campinas e Manaus, "o trabalho integral, mas o pagamento virá pela metade", corroendo ainda mais o poder de compra dos Aeroviários brasileiros. Em um dos ítens, o tíquete-refeição, há uma diferença de R$ 100 entre as ofertas da Latam e a das empresas Azul e Gol.

A postura da Gol e da Azul confirma a postura negativa da oferta da Latam, que passou longe do que está sendo pleiteado pelos principais sindicatos de Aeroviários. As entidades representativas reivindicacam inflação entre 6,5% e 7%, no período entre dezembro de 2021 e novembro 2022; produtividade de 3% e recuperação das perdas salariais também em 3%. Na totalização, caso a inflação seja anotada em 7%, são 13% de reposição salarial. Para recompor o piso, a pedida é de 20%. 

A degradação da qualidade de vida, bem como a aquisição de patologias relacionadas ao rítmo frenético da aviação, devido ao estresse e seus efeitos nocivos no corpo, seja físico ou mental. As condições de trabalho expõem o profissional ao seu limite: o ruído não é apenas desagradável, mas afeta a audição com o passar dos anos, além de causar taquicardia, elevação da pressão arterial, fadiga, ansiedade, redução da libido, influência na insônia e irritabilidade.

MERECIMENTO CRISTALINO

Os líderes da categoria tentam levar a para a mesa de negociação a constatação de que os empregados são merecedores de reconhecimento, pois deram sua parcela de contribuição no período difícil da pandemia . Para Calheiros, do Sindiaero-Alagoas, "a renovação das cláusulas econômicas e sociais é o momento certo para fazer tal correção, com reposição da inflação e a produtividade.

A retomada da normalidade das operações aéreas e o reaquecimento do mercado no setor tornam possível a pleiteada recompensa para a classe. "As empresas já recuperaram o patamar de malha aérea de 2019 já em 2021, obtendo lucro nas operações civis e de transporte", observa Cristiano Calheiros.    

Renato Ilha, jornalista (Fenaj 10.300)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Belo Horizonte, MG
22°
Tempo limpo

Mín. 13° Máx. 27°

22° Sensação
3.13km/h Vento
53% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h28 Nascer do sol
05h24 Pôr do sol
Dom 27° 14°
Seg 27° 14°
Ter 27° 15°
Qua 28° 16°
Qui 29° 15°
Atualizado às 11h01
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,38 +0,00%
Euro
R$ 5,77 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,63%
Bitcoin
R$ 377,418,50 +0,48%
Ibovespa
119,662,38 pts 0.08%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias